Últimas notícias

Blog

Conheça os tipos de grama mais comuns no Brasil.

A Grama Esmeralda é a grama mais usada no Brasil. 80% da área nacional cultivada do mercado de grama corresponde à esta espécie. É usada especialmente para aplicação em áreas residenciais. Também é muito utilizada pelos paisagistas por causa de suas folhas mais estreitas, que dão ao gramado uma aparência delicada. É uma espécie resistente e de fácil manutenção além de possuir o preço mais baixo, em comparação a outras gramíneas. É uma grama relativamente resistente ao pisoteio e pode inclusive ser plantada em solos mais pobres. A versatilidade também é uma característica dessa grama, que pode ser aproveitada em gramados esportivos, jardins residenciais e áreas públicas.

Diferente das gramíneas que demandam muita luz e água para se desenvolverem, há espécies que conseguem se adaptar bem a áreas sombreadas. A Grama São Carlos é uma delas. A espécie também é conhecida como grama curitibana, grama-tapete ou grama de folha larga. É uma grama que resiste melhor ao frio. Uma de suas principais características é a tolerância à meia sombra e ao sol pleno. Exige poucas podas, pois seu crescimento é lento.

A Grama Bermuda é um tipo de gramínea cultivada em pastos, fenações, na formação de gramados e em barrancos para a cobertura do solo. É muito utilizada para campos esportivos. 11 de 12 estádios brasileiros utilizaram esta espécie nos gramados da Copa do Mundo de 2014.

Como todo tipo de grama tem suas vantagens e desvantagens, na Grama Bermuda Celebration o sombreamento pode ser um grande vilão. A espécie fica muito suscetível à sombra, enfraquece e pode ter problemas de crescimento. Como vantagem tem o rápido crescimento e a capacidade de recuperação. Por tal motivo também tem sido muito utilizada em estádios de futebol, apesar de ser um pouquinho mais cara.

Sem comentários

Deixe um comentário